Grupo influenciava suicídio entre jovens no Facebook e WhatsApp

O suicídio entre jovens infelizmente tem se tornado algo cada vez mais comum, e muitos deles tem sido influenciados especialmente pela própria internet.

Um estudo feito em 2017 conseguiu finalmente identificar o uso de smartphones  como uma das causas de depressão e suicídio em jovens.  Sobretudo para assegurar esta informação, recentemente o DERCC – Delegacia Estadual de Repressão aos Crimes Cibernéticos constatou que um grupo usava as redes sociais para esta prática.

No entanto grupo se estabeleceu no Facebook WhatsApp e foi finalmente descoberto após a denúncia de uma jovem.  Consequentemente atuação dos jovens era muito semelhante ao jogo Baleia Azul, que ficou muito conhecido no ano passado.

suicídio entre jovens

Continue lendo para mais informações.

Grupo influenciava suicídio entre jovens no Facebook e WhatsApp

O grupo responsável chamava-se The H4aters e era composto por 4 pessoas que usam nomes falsos de Igor Akbar, Emerson Akbar, Gabriel Akbar e Saymon Akbar. Sobretudo, são considerados os principais responsáveis pelo suicídio de Higor Pires, 15, que cometeu suicídio no dia 21 de fevereiro.

Os familiares foram os primeiros a notar o comportamento diferente do adolescente, após ingerir  medicamentos para pressão excessivamente. No dia seguinte foi encontrado morto por enforcamento na casa vizinha, onde não havia mais ninguém.

Antes de cometer o ato, Higor excluiu todos os arquivos de seu computador. A família também notou a presença de diversos jovens desconhecidos no velório do garoto, que ficaram apenas para tirar fotos.

De acordo com o artigo 122 do Código Penal, induzir o suicídio é considerado crime contra a vida. Caso haja conclusão do ato, a pena estimada é de 2 a 6 anos. Caso ocorra apenas a tentativa de suicídio resultando apenas em lesão corporal, a pena é de 1 a 3 anos.

Nós do Mecânica do Android damos um alerta especial aos pais de jovens e adolescentes . Procurem monitorar as atividades de seus filhos na internet para que práticas como essa sejam evitadas.

Para entrar em contato com o Centro de Valorização a Vida disque 141!

 

Compartilhe essa informação com seus amigos em suas redes!

Veja também: Golpe no WhatsApp oferece álbum da Copa de graça

Você acabou de ler: Grupo influenciava suicídio entre jovens no Facebook e WhatsApp